Sobre

Pati

Olá!

Meu nome é Patrícia. Sou jornalista, casada, mãe de gêmeas, nascida em Brasília, criada na Bahia. Amo contar histórias, conhecer pessoas e lugares, ler, escrever, viajar, comer, cozinhar, dançar… me permitir. Mas o que mais me faz bem é ser mãe. Desde quando parei de trabalhar fora para me dedicar em tempo integral à maternidade, vivo intensamente essa fase linda e encantadora, porém, cheia de percalços.

Fui mãe aos 31, após três anos de tentativas, consultas, exames, simpatias, orações… rsrs. Foi uma fase tensa. Somente após a realização de um exame de nome medonho, histerossalpingografia, soube a causa da minha infertilidade. Fui diagnosticada com trompas fixas,  o que impedia a passagem dos espermatozóides até o óvulo. A fertilização in vitro era a minha única solução. Eu e meu marido não pensamos duas vezes. Demos início ao procedimento no mês de março de 2011, em novembro do mesmo ano nossa duplinha nasceu. Felicidade plena!  E como passou rápido! Minhas filhotas Laís e Betina já estão com 6 anos de idade. 

Hoje, compartilho nossa história com você que sonha em ser mãe e com você,  mamãe de um ou de múltiplos, biológica ou de criação, que busca informações reais sobre a maternidade. Cada mãe tem o seu jeito único e especial de ser e de criar seus filhos. Somos tão parecidas e, ao mesmo tempo, tão diferentes. Respeito muito isso. Detesto pitacos inconvenientes com relação aos cuidados e criação dos filhos.

Bom, sobre a maternidade só posso dizer que humaniza, ensina, mexe com as emoções e me dá na cara volta e meia. Missão sublime! 

Também tenho perguntas, dúvidas e inseguranças. Bora saná-las! Não teremos todas as respostas mas um convite à reflexões já “tá” valendo! 

Beijos, 

                 Pati

foto blog
Laís e Betina com 6 anos
foto
Betina e Laís com 9 meses